Intoxicação de crianças

Você sabe o que fazer, se o seu filho ingerir algum produto de limpeza ou entrar em contato com algum produto químico ou planta tóxica?

Me lembro que, quando minha filha era bem pequena, uma amiga ligou para a central de atendimento da nossa região (confira os números na tabela no final do artigo), porque seu filho colocou um cogumelo do jardim na boca. Ela me contou que o atendimento no telefone foi excelente e que ela conseguiu se acalmar, pois ficou com muito medo de que o filho se intoxicasse seriamente.

Além do cuidado básico de supervisão constante da criança, é necessário tomar algumas providências na casa, para que a criança não tenha acesso a produtos de limpeza e não entre em contato com plantas tóxicas. Eventualmente ela pode, num passeio fora de casa por exemplo, ter este contato. Por isto a atenção dos pais, nestes momentos, deve ser redobrada. Na Ikea, vende-se kits de segurança excelentes para que armários e gavetas fiquem inacessíveis às crianças. É bom investir neste tipo de segurança, principalmente para remédios e produtos de limpeza.

 

Lista de plantas tóxicas muito comumente encontradas na Alemanha (nomes em alemão, para facilitar a identificação):

Eibe (Taxus baccata)  Eibe (Taxus baccata)
Quase todas as partes desta planta são perigosas, principalmente as sementes, que as crianças podem achar bonitinhas e confundir com balinhas, Gummibärchen etc. Passada uma hora do consumo, a criança pode sentir enjôo, vomitar e ter fortes dores na barriga. Mais tarde, podem ocorrer diarréia, os lábios podem ficar excessivamente vermelhos e as pupilas podem se dilatar. Eventualmente a criança pode perder os sentidos!

 

Mann schneidet Hecke  Lebensbaum (Thuja occidentalis, Thuja orientalis)

Todas as partes da planta são venenosas, principalmente as pontas e as pinhas. Os sintomas são vômitos, diarréia e ter fortes dores na barriga. Em alguns casos podem ocorrer convulsões e problemas de rins. O óleo da tuia pode provocar irritações na pele.

 

Oleander  Oleander (Nerium oleander)

A planta toda é tóxica. Vômitos. cólicas e alteraçoes nos batimentos cardíacos podem ser as consequências.

 

Efeu mit Früchten  Gemeiner Efeu (Hedera helix)

A planta toda pode ser perigosa. As sementinhas podem ser interessantes para crianças e por isso é necessário cuidado. Ardência na garganta, vômitos e diarréias são os sintomas mais comuns. Irritações na pele por contato com as folhas podem ser comuns.

 

Alpenveilchen  Alpenveilchen (Cyclamen persicum)

A flor é a mais perigosa, que pode provocar vômitos e diarréia. Convulsões e paralisia podem ser os sintomas mais severos.

 

Christrose  Christrose (Helleborus niger)

A rosa é perigosa. Coceiras nas mãos, boca e garganta. Vômitos, salivação excessiva, dores no abdômen, diarréia e pupilas dilatadas são sintomas frequentes.

 

Maiglöckchen  Maiglöckchen (Convallaria majalis)

Todas as partes são tóxicas. Vômitos e diarréia, e até alteração nos batimentos cardíacos podem ocorrer.

 

Outras plantas tóxicas

 

Árvores ou arbustos

– Goldregen

– Eberesche (Vogelbeerbaum)

– Mahonie

– Zwergmispel

– Feuerdorn

– Eibe

– Seidelbast

– Rote und Schwarze Heckenkirsche

– Schneebeere (Knallerbse)

– Gemeiner Liguster

– Lorbeerkirsche

– Stechpalme

– Pfaffenhütchen

– Gemeiner und Wolliger Schneeball

– Rosskastanie

– Lebensbaum

– Sadebaum (Sevenstrauch)

– Wunderbaum

– Oleander

– Gemeiner Efeu

– Robinie (Falsche Akazie)

– Faulbaum

– Besenginster

Plantas

– Maiglöckchen

– Garten- und Feuerbohne

– Tollkirsche

– Bittersüßer Nachtschatten

– Schwarzer Nachtschatten

– Kartoffel

– Gefleckter Aronstab

– Stechapfel

– Schwarzes Bilsenkraut

– Wasserschierling

– Gefleckter Schierling

– Blauer und Gelber Eisenhut

– Herbstzeitlose

– Rotbeerige und Schwarzbeerige Zaunrübe

– Gelbe und Blaue Lupine

– Christrose

– Riesen- und Wiesenbärenklau

– Zypressen- und Gartenwolfsmilch

– Scharfer Hahnenfuß (Butterblume)

– Dieffenbachie

– Korallenbäumchen

– Weihnachtsstern

– Alpenveilchen

Em caso de ingestão ou insegurança – como devo proceder?

Primeiramente é necessário manter a calma. Se a criança tiver perdido os sentidos, tiver parada cardíaca ou falta de ar, contacte imediatamente o número de emergências 112, em qualquer cidade da Alemanha.

Se ela estiver aparentemente bem, verifique dentro da boca, se há sinais claros de que ela ingeriu alguma planta ou susbtância. Se possível, retire os resquícios que ainda estiverem na boca e guarde-os num vidrinho, para serem examinados.

Não dê à criança água ou leite. É preferível conversar com o especialista primeiro, antes de tomar uma medida errada. Se os olhos estiverem irritados, lave-os com bastante água e se dirija a um oftalmologista.

Informações que talvez sejam requisitadas pelo serviço de apoio (veja tabela de telefones logo em seguida)

Quem? Idade, sexo, peso
O que? O que foi ingerido? Medicamento, produto de limpeza, produto químico, planta, animal, alimento, cogumelo, droga – procure a descrição na embalagem, se houver.
Quando? Momento da ingestão ou momento em que percebeu os primeiros sinais de intoxicação.
Como? Tente precisar como ocorreu a intoxicação: engolida, respirada, pela pele..
Quanto? Se possível precise  a quantidade, por ex., quantos comprimidos, cápsulas, gotas, partes da planta, tamanho da garrafa, quantidade que está faltando no frasco.

Centrais de atendimento e informação na Alemanha

  • Telefone
    Berlin Giftnotruf der Charite / Giftnotruf Berlin

    giftnotruf.charite.de

    0 30-19 24 0
    Bonn Informationszentrale gegen Vergiftungen Nordrhein-Westfalen / Giftzentrale Bonn
    Zentrum für Kinderheilkunde Universitätsklinikum Bonnwww.gizbonn.de
    02 28-19 24 0
    Erfurt Gemeinsames Giftinformationszentrum (GGIZ Erfurt) der Länder Mecklenburg-Vorpommern, Sachsen, Sachsen-Anhalt und Thüringen in Erfurt www.ggiz-erfurt.de 03 61-73 07 30
    Freiburg Vergiftungs-Informations-Zentrale Freiburg (VIZ)
    Universitätsklinikum Freiburgwww.giftberatung.de
    07 61-19 24 0
    Göttingen Giftinformationszentrum-Nord der Länder Bremen, Hamburg, Niedersachsen und Schleswig-Holstein (GIZ-Nord)

    www.giz-nord.de

    05 51-19 24 0
    Homburg/Saar Informations- und Behandlungszentrum für Vergiftungen,
    Universitätsklinikum des Saarlandes und Medizinische Fakultät der Universität des Saarlandes www.uniklinikum-saarland.de/giftzentrale
    0 68 41-19 24 0
    Mainz Giftinformationszentrum (GIZ) der Länder Rheinland-Pfalz und Hessen
    Klinische Toxikologie, Universitätsmedizin Mainzwww.giftinfo.uni-mainz.de
    0 61 31-19 24 0
    München Giftnotruf München – Abteilung für Klinische Toxikologie Klinikum rechts der Isar – Technische Universität München

    www.toxinfo.med.tum.de

    0 89-19 24 0

Fontes:

Revista Crescer

Kindergesundheit-info

Baby-und-familie.de

Berlin